Bolsonaro x Haddad – compare

Para decidir o voto e entender o que está em jogo, é fundamental comparar os dois projetos em disputa. Bolsonaro é um político tradicional, há 26 anos deputado, que defende um plano econômico para beneficiar ricos, tirar direito de trabalhadores, entregar patrimônio brasileiro (como a Amazônia e estatais que prestam serviços públicos importantes) e aprofundar a crise. Além disso, promete combater o crime com mais violência, forma que não deu certo em nenhum lugar do mundo e ainda vai estimular o ódio, o caos e a desordem. Pelas falas do candidato e de sua equipe, o projeto de Bolsonaro traz riscos graves à democracia no país.

Haddad é professor universitário, melhor ministro da educação da história do país e prefeito premiado de São Paulo. Ele vai focar na garantia de direitos, na retirada do país da crise, no fortalecimento da economia e na proteção das riquezas nacionais. As propostas visam melhorar a vida dos mais pobres, da classe média, dos trabalhadores e dos segmentos em mais dificuldades. Ao mesmo tempo, vai combater a corrupção e o crime com inteligência e enfrentamento ao crime organizado. Diferentemente das fake news que circulam, Haddad não vai transformar o Brasil em um país comunista ou na Venezuela nem irá perseguir religiões ou fazer qualquer tipo de controle sobre as crianças.

PLANOS DE GOVERNO

Plano de governo do Haddad
http://divulgacandcontas.tse.jus.br/candidaturas/oficial/2018/BR/BR/2022802018/280000629808//proposta_1536702143353.pdf
Plano de Governo do Bolsonaro
http://divulgacandcontas.tse.jus.br/candidaturas/oficial/2018/BR/BR/2022802018/280000614517//proposta_1534284632231.pdf

Leia a comparação resumida da BBC Brasil:
https://www.bbc.com/portuguese/brasil-45780779

TEMAS

Emprego e direito dos trabalhadores

HADDAD É a favor dos direitos dos trabalhadores, do emprego com carteira assinada, do 13.o salário, e do combate ao Trabalho Escravo (p.39-40). Vai fazer o programa “Meu Emprego de Novo”, usando a retomada de obras paradas para contratações. Vai revogar a reforma trabalhista.
BOLSONARO repete sempre que sua política é menos direitos, mais trabalho (https://abr.ai/2MpR879). Não defende o trabalhador. Propõe a flexibilização dos direitos trabalhistas e a redução de seus direitos. Seu vice criticou o 13o salário (https://goo.gl/TigfNZ). Bolsonaro não apoia o combate ao trabalho escravo e apoia o pagamento de menores salários para mulheres (“porque engravidam”: https://bit.ly/2Ef7BrY)

Corrupção

HADDAD implementou pacote anticorrupção que devolveu R$ 90 milhões aos cofres da Prefeitura de São Paulo (https://glo.bo/2df85xy). Propõe debater os privilégios do Judiciário, como o auxílio moradia e as férias de 60 dias (pág 15 do Plano), fortalecer a Polícia Federal e o MPF, criar mecanismos para ampliar o diálogo entre a população e a Justiça (pág. 6, 15)
BOSLONARO Fala que a justiça deverá seguir seu rumo sem interferências políticas (pág 15), mas aponta possibilidade de ampliar o número de ministros do STF. Algo muito usual em regimes autoritários (https://bit.ly/2xx209Q).

Educação

HADDAD vai investir no ensino médio com apoio dos institutos federais (conhecidos por sua excelência), conceder bolsas para jovens conseguirem concluir seus estudos e fazer a expansão do ensino superior, técnico e profissional. Escolas como espaços de convivência, conhecimento, esporte e lazer (p.24-27). (https://goo.gl/ioP7Je).
BOSLONARO Não defende a escola e a convivência entre as crianças. Propõe ensino militar e educação à distância desde o ensino fundamental. (https://glo.bo/2Okq6ey)

Segurança

HADDAD vai fazer um plano nacional de redução de assassinatos, além de combater o tráfico de armas e drogas e o financiamento do crime (pág. 7). Ele vai investir mais na polícia (pág. 31) para fortalecimento de ações de inteligência, e não de violência. Ele defende que a Polícia Federal comande o combate ao crime organizado, que hoje os estados não dão conta de fazer. (https://goo.gl/yHC42m)
BOLSONARO propõe a redução da maioridade penal, armar a população (pág. 32) e dar licença para policial matar (https://goo.gl/8XKsBg).

Impostos e endividamento

HADDAD vai fazer uma reforma tributária para o rico pagar mais e o pobre pagar menos (pág 41) (pág 42) (pág 56) (https://goo.gl/N8Ercg). HADDAD defende que quem ganha até 5 salários mínimos não pague imposto de renda mais. E defende taxar as grandes fortunas, assim como a maioria dos países da Europa. Além disso, vai reduzir o endividamento das famílias renegociando os juros com o programa “Dívida Zero” (https://goo.gl/VaXHX8).

BOLSONARO não propõe a redução da carga tributária. Seu “guru”, Paulo Guedes, propôs a redução dos impostos dos ricos. A maior alíquota que hoje é de 27,5% do Imposto de Renda cairia para 20% para todos. Depois da proposta de Haddad, Bolsonaro tentou consertar imitando a isenção até 5 salários mínimos. Mas mesmo assim vai fazer os ricos pagarem menos imposto, diminuindo recursos para serviços públicos como saúde e educação!! Também quer a volta da CPMF onerando toda a população (https://goo.gl/bBPcFc).

IMAGENS

BolsonaroxHaddad2

BolsonaroXHaddad

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s