21/10 – Se Haddad for eleito, Bolsa Família terá aumento de 20% e preço do botijão de gás ficará em R$ 49

“Quero dizer para vocês, Bolsa Família em janeiro: 20% de acréscimo. Porque as famílias estão sofrendo muito”. A afirmação foi do candidato à presidência da República, Fernando Haddad, nesse domingo (21/10), em São Luís, no Maranhão.  Ele deu um exemplo: quem tem hoje um benefício de R$ 200, vai passar a ter de R$ 240 reais, “para enfrentar a carestia”, afirmou.

O candidato também apresentou um limite de valor para o gás de cozinha. “Eu quero avisar que no dia 1º de janeiro, vamos tomar uma medida. Em nenhum lugar do país, o gás vai poder custar mais que R$ 49”, disse.

Você sabe qual a posição de Bolsonaro sobre o Bolsa-Família? Hoje ele diz defender o benefício, mas não foram poucas as vezes em que criticou o Bolsa-Família. Ou seja, a realidade é que não dá para saber o que vai acontecer com o programa se Bolsonaro foi eleito. Veja abaixo algumas declarações dele sobre o tema:

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s